Imagem da Lua e Mercúrio alinhados sobre o Tejo é distinguida pela NASA

O astrofotógrafo Miguel Claro viu, mais uma vez, o seu trabalho distinguido pela NASA, que escolheu a imagem "Earthsine no perigeu e Planeta Mercúrio sobre a cidade de Lisboa" para fotografia do dia no site da iniciativa APOD.

 

Imagem: Miguel Claro

 

A imagem, datada de 8 de abril, mostra a Lua crescente no perigeu, ou seja, no ponto mais próximo da Terra, alinhada com o planeta Mercúrio (um ponto luminoso que se vê à direita), separados por apenas 6 graus. Neste dia, apenas 3% do disco lunar estava iluminado pela luz do sol, o que, de acordo com a explicação no site de Miguel Claro, permite mostrar perfeitamente o fenómeno do earthshine - o brilho ténue que cobre a parte não iluminada da Lua, e que na verdade é luz reflectida a partir da Terra. Este fenómeno foi descrito pela primeira vez por Leonardo da Vinci, há 500 anos.

 

A imagem foi captada a partir do Barreiro, a 8,5 km de Lisboa, com uma lente telescópica. Sobre a escolha para Astronomy Picture Of the Day (APOD), comenta o fotógrafo Miguel Claro: "É sempre uma enorme honra ter uma imagem publicada na NASA, sendo que ela é comentada e escolhida por dois astrónomos profissionais que são muito exigentes e meticulosos na selecção de entre tantas submissões que recebem diariamente dos quatro cantos do mundo.

 

A imagem tem de ser esteticamente apelativa, mas ter ainda conteúdo científico e educativo. Só há 365 imagens escolhidas de todo o mundo ao longo de um ano, e entre as escolhas encontram-se imagens captadas desde observatórios profissionais até ao próprio Hubble. Esta é a minha 10ª APOD desde 2007. A minha surpresa recaiu sobretudo no facto de após ter sido publicada recentemente a imagem do "Arco-Íris de Airglow" dos Açores, no Pico, no passado mês de Março, e que acabou por correr o mundo, ter tido novamente a agradável oportunidade de levar à NASA e além fronteiras os céus de Portugal, da nossa capital, de Almada e do Barreiro, local onde a fotografia foi captada e que permitiu esta visão privilegiada desde a margem sul à margem lisboeta.

 

Miguel Claro é o astrofotógrafo oficial do Dark Sky Alqueva, o primeiro destino turístico do mundo certificado como Starlight Tourism Destination, situado ao largo do grande Lago do Alqueva. O projecto já deu origem a um livro. Pode ver imagens do Dark Sky Alqueva nesta galeria. Pode acompanhar o trabalho de Miguel Claro no site ou na página de facebook Astroarte.

 

Fonte: SAPO PT

horadoplaneta às 16:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos