Alterações climáticas: cinco ilhas do Pacífico já desapareceram

Cinco das ilhas que pertenciam ao arquipélago das Ilhas Salomão, no Pacífico, já desapareceram devido à subida do nível médio do mar, de acordo com um novo estudo publicado pelo Environmental Research Letters. 


 

As cinco ilhas, constituídas unicamente por vegetação, desapareceram completamente, enquanto outras seis ilhotas estão a passar por um processo de “recessão costeira severa”.

 

De acordo com o Gizmodo, duas comunidades piscatórias já tiveram de ser relocalizadas devido a este processo. “Compreender estes factores locais que aumentam a susceptibilidade das ilhas à erosão costeira é crítico para [nos] guiar a respostas para a adaptação destas comunidades remotas no Pacífico”, explica o relatório.

 

Os investigadores pesquisaram imagens de satélite, adquiridas entre 1947 e 2014, para examinar o estado de erosão de 33 ilhas, naquela que foi a primeira vez que as mudanças naturais da região foram retratadas de forma minuciosa.

 

Por outro lado, a equipa de cientistas australianos afirma que o Oeste do Pacífico é um local perfeito para monitorizar a subido do nível do mar, uma vez que os habitantes estão permanentemente a mudarem-se para locais mais elevados.

 

As Ilhas Salomão têm 560.000 habitantes e perto de 1.000 ilhas. Muitos deles estão a mudar-se para nova partes da ilha ou, inclusive, outras ilhas, devido ao aumento do nível do mar.

 

Taro, a capital da província de Choiseul, está a preparar-se para relocalizar os residentes e serviços, enquanto a uma vila mais a norte da mesma província já viu mais de metade das suas casas serem invadidas pelo mar.

 

Fonte: Green Savers

horadoplaneta às 11:42 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos