Como três gatos cegos recusaram ser adoptados em separado

No Natal de 2014, três gatos foram encontrados num armazém abandonado no Dubai, depois de terem sido abandonados pelo antigo “dono” que, pelo caminho, também deixou por tratar uma infecção que acabou por lhes retirar a visão.


 

Depois de terem sido levados para uma instituição de animas, para posterior adopção, o irmão mais velho Blue acabou por ser acolhido por um vizinho do seu antigo dono. Mas a adopção não correu bem, explica o Bored Panda. É que Blue não conseguia viver sem as duas irmãs, Meadow e Little Willow, e chorava a noite toda à sua procura.

 

Poucos dias depois de ter sido adoptado, Blue voltou à associação e reuniu-se com Meadow e Little Willow. Até que a 19 de Fevereiro de 2015, a sorte deste trio mudou, quando Catherine Magno os adoptou simultaneamente.

 

“Não tinha nenhuma experiência de adoptar gatos até há poucos meses, quando adoptei o primeiro, mas a sua história emocionou-me tanto que não consegui vê-los numa jaula para sempre, ou que lhes acontecesse pior”, explicou Catherine ao Bored Panda.

 

A responsável admitiu que estava preocupada com as necessidades especiais dos novos amigos, mas a verdade é que não sentiu grande diferenças para um gato que consegue ver. “O único ajuste que tive de fazer foi colocar tudo no mesmo sítio. Mas eles adaptam-se de forma inacreditável [à falta de visão]. Os gatos cegos vêem através dos seus corações”, concluiu.

 

@Green Savers

horadoplaneta às 06:58 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos