Terça-feira, 25.03.14

Poluisaun hamate ema millaun hitu iha tinan 2012, hatete OMS

Estudu hatudu katak ligasaun entre poluisaun no moras fuan sira nian no kankru pulmaun sira maka'as tebes.

Pelumenus ema millaun hitu maka mate ona iha tinan 2012 tanba kontaminasaun ár nian, fó sai hosi estudu ida ne'ebé publika iha loron-segunda ne'e hosi Organizasaun Mundiál Saúde nian (OMS).

 

EPA@ Franck Robichon

 

"Iha globál, liu ema millaun hitu maka mate ona tanba efeitu sira hosi kontaminasaun ár esteriór no doméstiku nian, no rejiaun sira Ázia no Pasífiku nian hanesan rejiaun sira ne'ebé afetadu liu", ho vítima mortál liu millaun 5,9, informa hosi OMS.

Númeru sira aumenta daudaun bainhira kompara ho estudu uluk ne'ebé halo iha tinan 2008. Rezultadu sira hanesan "xokante no preokupa tebes", afirma hosi María Neira, diretora departamentu saúde públiku OMS nian.

 

"Kontaminasaun ár nian, agora, hanesan fatór ambientál ida importante liu ba saúde no afeta mundu tomak, iha nasaun riku sira no mós nasaun kiak sira", nia hatutan.

Rezultadu sira hosi estudu ne'e hatudu katak "risku sira tanba kontaminasaun ár nian agora importante liu duké hanoin sira ne'ebé iha uluk, liuliu bainhira refere ba kardiopatia sira no ba asidente vaskulár serebrál sira".

 

"Risku balun iha impaktu aas iha saúde mundu agora nian duké kontaminasaun ár nian (...) no presiza asaun hamutuk ida hodi halo ár ne'ebé ita uza bele sai moos".

Iha tinan 2012, ema millaun 3,7 mate ona tanba efeitu sira kontaminasaun esternu no millaun 4,3 mate tanba ár domésiku - ahi suar no emisaun sira aparellu iha dapur nian, ne'ebé hamanas ho ai ka karvaun, ka sistema sira hodi hamanas nian.

 

Iha estudu uluk, ne'ebé hala'o iha tinan 2008, OMS kontabiliza ona ema millaun 3,2 ne'ebé mate tanba kontaminasaun ár nian, ne'ebé millaun 1,3 mate tanba konsekuénsia hosi kontaminasaun esternu no millaun 1,9 mate tanba kontaminasaun doméstiku.

Númeru foun sira tinan 2012 nian "hanesan preokupante tebes", Neira hatete, hanoin katak hahalok ida hasoru poluisaun ár nian karik sei "salva moris millaun resin".

Estudu tinan 2012 nian hatudu mós katak iha relasaun ida maka'as entre poluisaun aérea no moras fuan sira nian no kankru pulmaun nian.

 

Sapo TL ho SAPO Saúde

horadoplaneta às 11:52 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Poluição matou sete milhões de pessoas em 2012, diz OMS

Estudo revela que a ligação entre poluição e doenças cardiovasculares e cancro do pulmão é grande.

Pelo menos sete milhões de pessoas morreram em 2012 devido à contaminação do ar, revela um estudo publicado esta segunda-feira pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

EPA@ Franck Robichon

 

"Globalmente, mais de sete milhões de mortes são devidas aos efeitos da contaminação do ar exterior e doméstico, e as regiões da Ásia e do Pacífico são as mais afetadas", com 5,9 milhões de vítimas mortais, informou a OMS.

Os números estão em crescimento se comparados ao estudo anterior, feito em 2008. Os resultados são "chocantes e bem mais preocupantes", afirmou María Neira, diretora do departamento de saúde pública da OMS.

 

"A contaminação do ar é, agora, o fator ambiental mais importante sobre a saúde e todo mundo é afetado, tanto os países ricos como os mais pobres", acrescentou.

Os resultados do estudo apontam que "os riscos devido à contaminação do ar são agora mais importantes do que se pensava, em particular no que se refere às cardiopatias e aos acidentes vasculares cerebrais".

"Poucos riscos têm um impacto superior sobre a saúde mundial atualmente que a contaminação do ar (...) e é necessária uma ação conjunta para tornar o ar que respiramos mais limpo".

 

Em 2012, 3,7 milhões de pessoas morreram na sequência dos efeitos da contaminação externa e 4,3 milhões devido ao ar doméstico - fumo e emissões dos aparelhos de cozinha, aquecidos com madeira e carvão, ou sistemas de calefação.

No estudo anterior, realizado em 2008, a OMS contabilizou 3,2 milhões de mortos por causa da contaminação do ar, dos quais 1,3 milhão foram consequência da contaminação externa e 1,9 milhão da contaminação doméstica.

 

Estes novos números de 2012 "são muito preocupantes", disse Neira, estimando que uma ação contra a poluição do ar poderia "salvar milhões de vidas".

O estudo de 2012 revela ainda que há um vínculo mais forte do que se pensava entre a poluição aérea e as doenças cardiovasculares e o cancro do pulmão.

 

Sapo TL com SAPO Saúde

horadoplaneta às 10:55 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Março 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
22
23
24
27
29
30

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO