Terça-feira, 01.04.14

David Beckham hasoru malu ho Dalai Lama Ai-laran sira nian

Eis-futebolista David Beckham vizita ona tribu Yanomami, iha Brazil, durante preparasaun sira ba Mundiál Futeból 2014 nian, no hasoru malu ho Davi Kopenawa, ne'ebé koñesidu hanesan Dalai Lama Ai-laran sira nian.

 

 

Durante filmajen sira ba programa televizaun ida nian, Beckham halo ona vizita ba teritóriu sira Yanomami nian no simu hosi Davi Kopenawa, ema ne'ebé Beckham tenki husu lisensa hodi tama iha rezerva. Diálogu ne'e ko'alia mós kona-bá tema sira hanesan mina ilegál sira iha rai sira tribu brazileiru sira nian, indika hosi komunikadu Survival International nian.

Dário Yawarioma, Davi Yanomami ninia oan-mane no kordenadór ba asosiasaun Yanomami Hutukara, hatete ba Globo katak "David iha terese maka'as tebes iha proble sira rezerva nian". "[Nia] halo observasaun ba ameasa sira hasoru ambiente no ba ami ninia kultura no hatudu preokupasaun ba ami ninia povu".

Davi Kopenawa sai hanesan "Xamã" dahuluk Yanomami nian ne'ebé maka publika livru. "O céu em queda: Palavras de um Xamã Yanomami” hanesan livru ne'ebé nia hakerek hamutuk ho antropólogu Bruce Albert ne'ebé konta kona-bá ninia moris.

Iha artigu ida ne'ebé publika ona iha semana liubá, iha revista norte-amerikanu Truthhout, diretór hosi Survival International, Stephen Corry, afirma ona katak "Kopenawa ninia livru tenki sai hanesan livru importante ida iha tempu agora daudaun".

Iha ninia apresiasaun ba livru, Corry destaka ona "opozisaun diametrál" entre hanoin hosi Yonamami ninia mundu no konklui katak mensajen hosi Davi moos tebes: "Nia hakarak atu ita hatene katak ita estraga daudaun mundu ho hamlaha ba kbiit, no bainhira ita estraga Yanomami sira, ita sei estraga ita ninia aan rasik".

Xamã defende katak nia proteje natureza hanesan buat ida de'it. "Ami defende ai-hun sira iha ai-laran sira, iha foho sira no mota sira, ba ninia ikan, kasa, espíritu sira no populasaun umanu sira", nia hatete no hatutan katak "komportamentu sira konsumu nian ne'ebé verifika iha mundu estraga daudaun sistema ne'ebé moris uza". "Mundu sei sofre bainhira ai-laran sira sei hetan nafatin estraga".

Estudu oioin apoia daudaun reinvidikasaun sira Davi nian katak povu tribu sira hanesan konservadór di'ak natureza nian. Antes iha liafuan konservasaun mosu iha ita ninia vokabuláriu, povu indíjena sira dezenvolve ona medida sira ne'ebé di'ak tebes ba manutensaun riku sira rai nian, ba protesaun ai-laran nian no ba biodiversidade.

Sapo TL ho Green Savers PT

horadoplaneta às 16:05 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

David Beckham encontra-se com o Dalai Lama das Florestas

O ex-futebolista David Beckham visitou a tribo Yanomami, no Brasil, durante as preparações para o Mundial de Futebol de 2014, e tendo-se encontrado com Davi Kopenawa, conhecido como o Dalai Lama das Floresta.

 

 

Durante as filmagens de um programa televisivo, Beckham visitou o território dos Yanomami e foi recebido por Davi Kopenawa, a quem pediu permissão para entrar na reserva. A conversa abordou temas como as minas de outro ilegal em terras de tribos brasileiras, indica o comunicado da Survival International

Dário Yawarioma, filho de Davi Yanomami e coordenador da associação Yanomami Hutukara, disse à Globo que “David estava muito interessado nos problemas da reserva”. “[Ele] observou as muitas ameaças ao ambiente e à nossa cultura e mostrou-se preocupado com o nosso povo”.

Davi Kopenawa foi o primeiro “Xamã” Yanomami a publicar um livro. “O céu em queda: Palavras de um Xamã Yanomami”, escrito em colaboração com o antropólogo Bruce Albert e que conta a sua história de vida.

Num artigo publicado, na passada semana, na revista Norte-Americana Truthhout, o director da Survival International, Stephen Corry afirmou que “o livro de Kopenawa merece tornar-se um dos mais importantes livros dos tempos actuais”.

Na sua apreciação ao livro, Corry destacou a “oposição diametral” entre a visão do mundo dos Yonamami e concluiu que a mensagem de Davi é clara: “Ele quer que saibamos que estamos a destruir o mundo com a insaciável fome por posses, e se destruirmos os Yanomami, destruímo-nos a nós mesmos”.

O xamã defende que está a proteger a natureza como um todo. “Defendemos as árvores das florestas, as colinas, as montanhas e os rios; o seu peixe, a caça, os espíritos e os habitantes humanos”, revelou, enquanto advertia que “os comportamentos de consumo de recursos verificados no mundo estão a destruir os sistemas dos quais a vida é dependente”. “O mundo vai sofrer se a floresta continuar a ser destruída”.

Vários estudos têm apoiado as reivindicações, de Davi, de que os povos tribais são os melhores conservadores da natureza. Muito antes da palavra conservação surgir no nosso vocabulário, os povos indígenas já desenvolviam medidas altamente eficazes para a manutenção da riqueza das suas terras, para a protecção florestal e da biodiversidade.

Sapo TL com Green Savers PT

horadoplaneta às 15:33 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Abril 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO