Sexta-feira, 23.05.14

Xina harii tribunál ambientál dahuluk

Tribunál dahuluk iha Xina espesializadu iha kestaun ambientál sira nian loke ona ohin iha provínsia Fujian, iha kosta leste nasaun nian, fó sai hosi ajénsia notísia ofisiál xinés nian, Xinhua.

 

EPA@ Diego Azubel/Lusa

 

Hanesan tribunál filiadu ida iha Tribunál Superiór provínsia nian, ho misaun "atu hametin protesaun judisiál ambiente nian" no rekruta ona konsultór hamutuk na'in 12 hanesan matenek-na'in iha asuntu ekolójiku, agríkola, marítimu no jeolójiku sira nian, hatete hosi fonte hanesan.

Poluisaun, inklui Pekin no sidade boot sira seluk, iha tinan ikus ne'e sai hanesan fonte prinsipál hosi insatisfasaun populasaun nian iha Xina.

Iha sesaun plenáriu ikus Asembleia Nasionál Populár (parlamentu) nian, iha fulan-Marsu liubá, primeiru-ministru Li Keqiang deklara ona "funu hasoru poluisaun" no alerta ona katak "natureza lansa ona alerta mean ida hasoru modelu inefisiente no dezenvolvimentu delek".

"Ami sei deklara funu hasoru poluisaun no ami sei  kombate nian ho determinasaun hanesan ho luta hasoru pobreza", hatete hosi Li Keqiang.

Sapo TL ho Lusa

horadoplaneta às 12:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

China criou primeiro tribunal ambiental

O primeiro tribunal da China especializado em questões ambientais abriu hoje na província de Fujian, costa leste do país, anunciou a agência noticiosa oficial chinesa, Xinhua.

 

EPA@ Diego Azubel/Lusa

 

Trata-se de um tribunal filiado no Tribunal Superior da província, com a missão de "assegurar a proteção judicial do ambiente", e já recrutou como consultores 12 peritos em assuntos ecológicos, agrícolas, marítimos e geológicos, indicou a mesma fonte.

A poluição, incluindo em Pequim e outras grandes cidades, tornou-se nos últimos anos uma das principais fontes de insatisfação popular na China.

Na última sessão plenária da Assembleia Nacional Popular (parlamento), em março passado, o primeiro- ministro, Li Keqiang, declarou "guerra à poluição" e alertou que "a natureza já lançou um alerta vermelho contra o modelo de ineficiente e cego desenvolvimento".

"Iremos declarar guerra à poluição e iremos combatê-la com a mesma determinação com que lutámos contra a pobreza", disse Li Keqiang.

Sapo TL com Lusa

horadoplaneta às 12:04 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Maio 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
21
24
25
26
27
28
30
31

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO