Quinta-feira, 06.11.14

Bibi rusa ho nehan vampiru haree ba dahuluk iha tinan 60 ninia laran

Bibi rusa almiskaradu ida – ka bibi rusa ho nehan vampiru ne’ebé nunka haree ba dahuluk besik tinan 50, iha Afeganistaun.



Tuir Wildlife Conservation Society (WCS), ekipa investigadór ida konfirma ona katak haree animál iha asidentadu nordeste Afeganistaun nian iha okaziaun lima ne’ebé diferente.

Hanesan personajen místiku ne’ebé fó naran bolu , no mós bibi rusa ho nehan vampiru maka “subar, susar atu hetan no labele atu hasai nia foto”, tuir The Dodo.

Maski nune’e, notísia ne’e hanesan ksolok tebes. Ba dala ikus bibi rusa-almiskaradu haree tiha ona iha 1948, iha Holanda. Loloos, investigadór sira fiar katak nia sei hetan iha rejiaun ne’e, maski susar atu hetan nia.
 
Bibi rusa-almiskaradu sei moris iha rejiaun balun iha Índia no Pakistaun, hanesan animál barak, no ninia númeru sira tun totál. Tuir UINK ( Uniaun Internasionál ba Natureza nia Konservasaun) espésie “iha perigu ba estinsaun” tanba ninia númeru tun 50% iha de’it tinan 20 nia laran.

Animál ne’e kasa tiha ona to’o laiha, tanba nian na’an no nia nehan boot  no kazu sira seluk, haree barak husi propriedade medisina sira. “Bibi rusa-almiskaradu sai Afeganistaun nia rikusoin ”, esplika Peter Zahler, diretor adjuntu WCS nian iha Ázia. “Espésie ida ne’e sai hanesan eransa naturál hanesan leopardo-das-neves husi nasaun ida nian ne’ebé iha sofrimentu. Ita hein katak kondisaun sira estável no permite ita atu avalia nesesidade ba konservasaun espésie ida ne’e”, nia konklui.

ho Green Savers

horadoplaneta às 16:12 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Veado com dentes de vampiro visto pela primeira vez em mais de 50 anos

Um raro veado-almiscarado – ou veado com dentes de vampiro – foi visto pela primeira vez em mais de 50 anos, no Afeganistão.


 

Segundo a Wildlife Conservation Society (WCS), uma equipa de investigadores confirmou ter visto o animal no acidentado nordeste do Afeganistão em cinco ocasiões diferentes.

Tal como a personagem mística que lhe dá a alcunha, também o veado com dentes de vampiro é “oculto, difícil de encontrar e não pôde ser fotografado”, de acordo com o The Dodo.

Ainda assim, a notícia é bem-vinda. A última vez que o veado-almiscarado tinha sido visto foi em 1948, na Holanda. Na verdade, os investigadores acreditam que ele ainda se encontra nesta região, ainda que seja praticamente impossível de o detectar.

O veado-almiscarado habita ainda algumas regiões da Índia e Paquistão e, tal como a maioria dos animais, os seus números estão a decrescer drasticamente. Segundo a IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza), a espécie está “em perigo de extinção”, uma vez que os seus números decaíram 50% em apenas 20 anos.

O animal tem sido caçado até à exaustão, devido à sua carne e dentes gigantes que, tal como noutros casos, são vistos por muitos como tendo propriedades medicinais. “Os veados-almiscarados são um dos tesouros-vivos do Afeganistão”, explicou Peter Zahler, director-adjunto da WCS na Ásia. “Esta espécie rara, tal como o leopardo-das-neves, é a herança natural de uma nação em sofrimento. Esperemos que as condições estabilizem e nos permitam avaliar as necessidades de conservação da espécie”, concluiu.

com Green Savers

horadoplaneta às 16:06 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Novembro 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
29
30

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO