Segunda-feira, 05.01.15

Papa sei husu ba katóliku sira hodi kombate hasoru alterasaun klimátiku

Iha fulan-Marsu tuirmai, Papa Francisco sei fó sai dekretu ida hodi husu ba katóliku sira iha mundu tomak atu kombate hasoru alterasaun klimátiku.

 

Papa Francisco durante bénsaun Urbi et Orbi iha loron 25 Dezembru 2014 liubá. EPA@ Alessandro di Meo


Dokumentu ne'e sei sai hanesan dokumentu ida nebe Papa ida hasai no sei diriji ba fiar-na'in katóliku sira hamutuk millaun rihun 1,2 resin.

Dokumentu, tuir Guardian, sei fó sai hafoin vizita ida ba Tacloban - sidade filipinu ida nebe tufaun ida estraga iha tinan 2012 - no ajendadu ona ba fulan-Marsu.

Karta ida hanesan ne'e ladún fó sai iha istória Igreja Katólika nian, nune'e Papa nia mensajen sei sai hanesan urjente no ho gravidade. Papa sei husu ba komunidade katóliku iha mundu la'ós atu kombate de'it alterasaun klimátiku hodi siénsia nia naran maibé mós halo pedidu ne'e sai hanesan obrigasaun moral ida ba fiar-na'in sira. Dekretu ne'e karik sei iha pájina 50 ka 60 no sei fahe ba bispu rihun lima resin no padre 400.000 iha mundu tomak.

Papa nia mensajen ne'e bele to'o ba ema ida-idak duké mensajen sira seluk nebe fó sai hosi grupu polítiku ka ambientalista sira kona-bá asuntu ne'e. Iha ajenda Papa nian sei ko'alia mós kona-bá tema ne'e iha Asembleia Jeral Nasaun Unidu nian iha Nova Iorke.

com Green Savers

horadoplaneta às 14:44 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Papa vai pedir aos católicos para combater as alterações climáticas

No próximo mês de Março, o Papa Francisco deverá divulgar um edicto onde vai pedir aos católicos de todo o mundo para combaterem as alterações climáticas.


Papa Francisco no dia da bênção Urbi et Orbi no passado dia 25 de Dezembro 2014. EPA@ Alessandro di Meo

 

O documento será o primeiro do género emitido por um Papa e será dirigido a cerca de 1,2 mil milhões de fiéis católicos.

O documento, segundo escreve o Guardian, deverá ser divulgado depois de uma visita a Tacloban – a cidade das Filipinas devastada por um tufão em 2012 – que está agendada para Março próximo.

Uma encíclica como esta é rara na história da Igreja Católica, pelo que a mensagem do Papa deverá ter um cunho de urgência e gravidade. O Papa deverá pedir à comunidade mundial de católicos não só para combaterem as alterações climáticas em nome da ciência como também tornará este pedido numa obrigação moral para os fiéis. O edicto, que deverá ter entre 50 a 60 páginas vai ser distribuído a 5.000 bispos e a 400.000 padres por todo o globo.

Estima-se que esta mensagem do Papa possa chegar a mais indivíduos do que qualquer outra mensagem sobre o mesmo tema emitida por grupos políticos ou ambientalistas. Está ainda na agenda do Papa falar sobre o mesmo tema na Assembleia Geral das Nações Unidas em Setembro, que terá lugar em Nova Iorque.

com Green Savers

horadoplaneta às 14:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Janeiro 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO