Quarta-feira, 15.07.15

Juñu liubá hanesan fulan ida ne’ebé manas liu iha mundu dezde finál sékulu XIX – Japaun

Iha fulan-Juñu liubá sai hanesan fulan ida ne’ebé manas liu iha planeta dezde komesa rekolla dadus, iha finál sékulu XIX, ne’ebé publika ohin ba Ajénsia Meteorolójika Japaun (JMA).

 


Temperatura média ba superfísie globu hosi juñu 2015 hetan sentígradu grau 0,41, liu fali média ne’ebé rejistu entre tinan 1981-2010 no superiór ho 0,76 graus ba média hosi sékulu XX , ne’ebé transforma hanesan fulan ida ne’ebé manas liu dezde rekolla dadus vez dahuluk, iha tinan 1891, fó sai ba JMA.
Indikadór ida ne’e rezulta média entre temperatura sira hosi superfísie terrestre no oseánika.


Juñu 2015 koinsidi ho xegada rai-manas maka’as maka afeta faixa osidentál europeia. Aliás, iha Portugal sai hanesan fulan ida ne’ebé manas liu iha tinan sanulu ikus ninian no kintu dezde 1931, ho temperatura média hosi ar kuaze 22 graus Celsius, "superior liu" duke normal, konforme dadus sira ne’ebé fó sai hosi Instituto Português do Mar no Atmosfera (IPMA).


Organizmu barak, inklui ba JMA, mós aponta hela katak forsa ne’ebé hetan iha tinan ida ne’e hosi fenómenu El Niño iha Oseanu Pasífiku sei hetan efeitu iha temperatura sira iha globu tomak.


Ajénsia Oseánika no Atmosférika hosi Estadus Unidus (NOAA, sigla iha lian-inglés), ne’ebé fó sai foin lalais ne’e katak fulan-Maiu liubá sai hanesan fulan ne’ebé manas liu maka nunka akontese, tenki publika ba relatóriu iha loron sira oin mai kona-ba temperatura média globál hosi juñu nian.


Espesialista sira hein katak bele iha diverjénsia ki’ik-oan sira, maibé sira konsidera katak vereditu sei hanesan, tanba juñu sai hanesan fulan ida ne’ebé manas liu iha mundu istória nian foin lalais ne’e.


SAPO TL ho Lusa

horadoplaneta às 08:47 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Junho passado foi o mês mais quente no mundo desde finais do século XIX - Japão

O passado mês de junho foi o mês mais quente em todo o planeta desde que se começaram a recolher dados, em finais do século XIX, publicou hoje a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

 


A temperatura média à superfície do globo de junho de 2015 foi de 0,41 graus centígrados, acima da média registada entre os anos 1981-2010 e superior em 0,76 graus à média de todo o século XX, o que o transforma no mês mais quente desde que se recolheram dados pela primeira vez, em 1891, segundo a JMA.


Este indicador resulta da média entre as temperaturas da superfície terrestre e da oceânica.


Junho de 2015 coincidiu com a chegada de uma onda de calor que afetou sobretudo a faixa ocidental europeia. Aliás, em Portugal foi o mês mais quente dos últimos dez anos e o quinto desde 1931, com uma temperatura média do ar de quase 22 graus Celsius, "muito superior" ao normal, segundo dados divulgados pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


Muitos organismos, incluindo a JMA, têm também apontando que a força exibida este ano pelo fenómeno El Niño no Oceano Pacífico terá efeitos nas temperaturas em todo o globo.


A Agência Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, sigla em inglês), que revelou recentemente que maio passado foi o mês mais quente de sempre, deve publicar nos próximos dias o relatório referente às temperaturas médias globais de junho.


Especialistas esperam que possa haver pequenas divergências, mas consideram que o veredito será o mesmo, pelo que junho vingará como o mês mais quente no mundo da história recente.


@Lusa

horadoplaneta às 08:45 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Julho 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
17
18
19
20
23
24
25
26
30

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO