Sexta-feira, 25.09.15

Singapura tenki taka nia eskola sira no responsabiliza Indonézia

Singapura tenki taka nia eskola sira no responsabiliza Indonézia tanba suar nebe mai hosi inséndiu sira.


Suar nebe mosu tanba inséndiu sira nebe akontese iha Kalimantan no Sumatra alastra to'o Malázia ho Singapura. EPA@ Fazry Ismail

 

Autoridade sira hosi Singapura fó sai ona katak sira konsidera hanesan hahalok "xokante" ida hosi parte Jakarta nian, nebe obriga taka eskola no fahe máskara sira tanba suar maka'as nebe mosu hosi inséndiu agríkola sira iha Indonézia.

 

Iha ona semana tolu nia laran maka sidade-Estadu ne'e nakonu ho suar maka'as, tanba inséndiu sira nebe akontese iha viziñu illa indonéziu Sumatra.

 

Eskola primáriu sira, sekundáriu sira no infantáriu sira sei taka nafatin iha loron-sesta ne'e, situasaun ida nebe inéditu, haktuir hosi jornál Straits Times. Kualidade ár hetan ona avaliasaun hanesan "perigozu" hafoin hetan tiha konsiderasaun hanesan "prejudisiál tebes ba saúde".

 

Ministru Singapura nian ba Negósiu Estranjeiru, K. Shanmugan, akuza ona autoridade indonéziu sira hodi la valoriza problema, nebe prejudika mós relasaun sira entre Singapura ho Jakarta.

 

Inséndiu nebe akontese iha Indonézia, dalabarak, mosu tanba sunu ilegál sira nebe halo hodi "hamoos" área barak hodi halo produsaun óleu palma nian, seluloze no surat-tahan.

 

ho Lusa

horadoplaneta às 12:18 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Singapura responsabiliza Indonésia por fecho das suas escolas

Singapura responsabiliza Indonésia por fecho das suas escolas devido a fumo dos incêndios.

 

 

As autoridades de Singapura denunciaram o que consideram ser uma atitude “chocante” por parte de Jacarta, que obrigou ao encerramento de escolas e distribuição de máscaras devido ao intenso fumo provocado pelos fogos agrícolas na Indonésia.

 

A cidade-Estado está há três semanas envolta numa neblina nociva, fruto dos incêndios na vizinha ilha indonésia de Sumatra.

 

As escolas primárias, secundárias e infantários mantêm hoje as portas fechadas, uma situação inédita, de acordo com o jornal Straits Times. A qualidade do ar foi avaliada em “perigosa” depois de já ter sido considerada “muito prejudicial para a saúde”.

 

O ministro singapuriano para os Negócios Estrangeiros, K. Shanmugan, acusou as autoridades indonésias de desvalorizarem o problema, que prejudica também as relações entre Singapura e Jacarta.

 

Os incêndios que lavram na Indonésia são, em grande parte, provocados por queimadas ilegais feitas para ‘limpar’ vastas áreas de terreno para a produção de óleo de palma, celulose e papel.

 

com Lusa

horadoplaneta às 11:55 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 22.09.15

1ª Feira de Produtos Locais “Husi Ita Nia Rai”

1ª Feira de Produtos Locais “Husi Ita Nia Rai” foi realizada no parque de estacionamento do Supermercado Páteo, em Dili, Timor-Leste, no dia 19 de Setembro 2015.

 

Feira dahuluk ba Produtu Lokál "Husi Ita Nia Rai" hala'o ona iha parke estasionamentu Supermerkadu Páteo nian, iha Díli, Timor-Leste, iha loron 19 fulan-Setembru 2015.

 

Veja aqui as imagens: 

 

 

Fonte: Gabinete da Primeira-Dama de Timor-Leste

horadoplaneta às 15:59 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 21.09.15

Ai-laran sira Kamboja nian lakon daudaun ho ritmu ida nebe maka'as tebes

Iha tinan 25 liubá, ai-laran sira taka 73% hosi área terestre Kamboja nian. Iha tinan 2010, númeru ne'e tuun ba 57% no ohin loron sai ki'ik liu, tanba desflorestasaun ilegál, agrikultura ho atividade mineiru sira nebe avansa ho ritmu ida nebe maka'as tebes iha nasaun ne'e.

 

Parke arkeolójiku Angkor, iha Kamboja, halo parte iha zona ida paizajen protejidu nian.

 

Tuir World Resources Institute, nebe tuir satelit sira norte-amerikanu nian nebe tuir fenómenu ida ne'e, desflorestasaun iha Kamboja akontese ho ritmu ida nebe lalais tebes duké nasaun ruma iha mundu ne'e, iha dékada ikus ne'e. Liu 14.000 kilómetru kuadradu hosi ai-laran sira maka lakon ona entre tinan 2001 no 2013, no barak liu halo parte iha área protejidu sira, hosi konservasaun natureza nian no santuáriu ba moris selvajen nian.

 

Aleinde Kamboja, haktuir hosi Cambodia Daily, Paraguai, Uruguai, Madagáskar ho Serra Leoa lakon mós ai-laran ho kilómetru millaun resin. Tuir investigadór Matt Hansen, hosi Universidade Maryland, iha Estadus Unidus, desflorestasaun ne'e aumenta iha mundu no Governu sira tenki hahú proteje ai-laran sira - no hatene katak insentivu sira ba ekonomia iha tempu badak bele halakon biodiversidade nebe iha ligasaun ho sira.

 

ho Green Savers

horadoplaneta às 14:57 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Florestas do Camboja estão a desaparecer a um ritmo alarmante

Há 25 anos, as florestas cobriam 73% da área terrestre do Camboja. Em 2010, este número tinha descido para 57% e hoje será ainda menor, à medida que a desflorestação ilegal, agricultura e actividades mineiras avançam a um ritmo cada vez maior neste país.

 

O parque arqueológico de Angkor, no Camboja, insere-se numa zona de paisagem protegida.

 

Segundo o World Resources Institute, que recorreu a satélites norte-americanos que monitorizam este fenómeno, a desflorestação no Camboja avançou a um ritmo mais rápido que o de qualquer outra nação mundial, na última década. Mais de 14.000 quilómetros quadrados de floresta foram perdidos entre 2001 e 2013, sendo que muitos deles dentro de áreas protegidas, de conservação de natureza e santuários de vida selvagem.

 

Para além do Camboja, avança o Cambodia Daily, também o Paraguai, Uruguai, Madagáscar e Serra Leoa perderam milhares de quilómetros de floresta. De acordo com o investigador Matt Hansen, da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, a desflorestação está a aumentar globalmente e os Governos têm de começar a proteger as florestas – e perceber se os incentivos à economia de curto prazo valem a perda de biodiversidade a eles associados.

 

com Green Savers

horadoplaneta às 14:32 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 14.09.15

Iha ai-hun hamutuk triliaun tolu iha mundu

Estudu ida hosi Universidade Yale ho baze iha informasaun topográfiku sira no imajen sira hosi satelit permiti ona kalkula kuantidade hosi ai-laran sira iha Mundu, ho rezultadu di'ak tebes duké rezultadu uluk sira.


 

Estudu ida hosi Universidade Yale, nebe publika iha revista sientífiku "Nature", kalkula katak iha ai-hun hamutuk triliaun tolu iha mundu, ka hamutuk ai-hun 420 iha habitante ida-idak iha planeta ne'e. Númeru ne'e hanesan aas liu duké númeru nebe kalkula antes nebe hatudu millaun rihun 400.

 

Ekipa hosi Thomas Crowther hetan ona informasaun sira ne'e bainhira uza informasaun topográfiku hosi kontinente haat, eseptu Austrália, kombina ho análize hosi foto sira satelite nian. Rezultadu sira ne'e depois aplika ba teritóriu nebe laiha informasaun disponível. Hanesan ezemplu, informasaun sira hosi ai-laran iha Kanadá no iha norte Europa nian serve hodi halo estimativu ida relasionadu ho ai-laran sira iha zona remotu hosi Rúsia.

 

«Ami la deskobre ai-hun foun sira», esplika hosi sientista. «Buat nebe ami halo maka hatama informasaun sira nebe permiti mai ami hodi halo fali estimativu anteriór sira».

 

Kálkulu nebe ho konfiansa liu sei serve hanesan baze ba peskiza no estudu sira kona-bá biodiversidade, nune'e mós ba modelu sira mudansa klimátiku nian, tanba ai-hun sira iha knaar importante hodi halakon dióxido karbonu nian iha atmosfera.

 

Konkluzaun importante seluk nebe hetan hosi estudu ne'e maka knaar hosi atividade ema nian iha desflorestasaun. Ai-hun millaun rihun 15 resin maka ema ko'a tinan-tinan, haktuir hosi peskiza. «Impaktu hosi ema hanesan maka'as tebes», hatete hosi Thomas Crowther. «Loos duni katak ita hein atu ema sira iha knaar importante ida maibé ha'u hanoin katak ne'e sai hanesan fatór importante liu iha kontrolu ba densidade ai-hun sira nian».

 

Densidade ai-hun sira lokaliza iha ai-laran sira iha Amérika-Norte, Eskandinávia ho Rúsia. Ai-laran sira ne'e, barak liu iha ai-hun konífera sira, iha ai-hun hamutuk millaun rihun 750, ho totál hamutuk 24%. Ai-laran tropikál sira no subtropikál sira iha ai-hun hamutuk triliaun 1,3, ho totál 43%.

 

"Maski númeru hosi ai-hun sira aas tebes duké númeru nebe ita hanoin, sientista sira lansa alerta: «Ami lakohi hatete katak buat hotu di'ak hela». Tanba, rezultadu sira hatudu katak iha fatin balun iha mundu, nebe hein katak iha ai-hun barak liu, hahalok hosi ema nian hanesan agrkultura la permiti ba ai-hun sira hodi moris.

 

ho Mood

horadoplaneta às 14:22 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Existem três triliões de árvores no mundo

Um estudo da Universidade de Yale com base em dados topográficos e imagens de satélite permitiu calcular a densidade de floresta na Terra, com resultados melhores do que os antecipados.


 

Um estudo da Universidade de Yale, publicado na revista científica “Nature”, calcula que existam mais de três triliões de árvores no mundo, ou seja, 420 árvores por cada habitante do planeta. Este número é sete vezes superior ao estimado anteriormente, que calculava a existência de 400 mil milhões de árvores.

 

A equipa de Thomas Crowther encontrou estes dados usando dados topográficos dos quatro continentes, exceto Antártida, combinados com a análise de fotos de satélite. Os resultados foram depois aplicados de forma estimada ao território sobre o qual não há informação disponível. Por exemplo, dados das florestas no Canadá e no norte da Europa serviram para fazer uma estimativa relativa a florestas similares em zona remotas da Rússia.

 

«Nós não descobrimos novas árvores», explicou o cientista. «O que fizemos foi adicionar mais uma camada de informação que nos permitiu rever as estimativas anteriores».

 

Este cálculo mais fiel irá servir de base para pesquisas e estudos sobre biodiversidade, assim como modelos de mudanças climáticas, uma vez que as árvores têm um papel fundamental na remoção do dióxido de carbono na atmosfera.

 

Outra conclusão importante retirada deste estudo é o papel da atividade humana na desflorestação. Cerca de 15 mil milhões de árvores são cortadas todos os anos, segundo a pesquisa. «A escala do impacto humano é assombrosa», diz Thomas Crowther. «Claro que esperávamos que os humanos tivessem um papel importante mas não achava que este fosse o fator mais importante no controlo da densidade das árvores.»

 

A maior densidade de árvores está localizada nas florestas da América do Norte, Escandinávia e Rússia. Estas florestas, tipicamente carregadas de árvores coníferas, abrigam 750 mil milhões de árvores, 24 por cento do total. As florestas tropicais e subtropicais abrigam 1.3 triliões de árvores, 43 por cento do total.

 

"Ainda que o número de árvores encontrado seja superior ao esperado, os cientistas lançam o alerta: «Não queremos dizer com isto que está tudo bem». Aliás, os resultados mostram que em alguns lugares do mundo, onde se esperava encontrar alta densidade de árvores, as atividades humanas, como a agricultura, não o permitem.

 

com Mood


horadoplaneta às 13:51 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Love Song to the Earth

Knananuk "Love Song to the Earth" fó sai iha fulan tolu liubá bainhira hahú enkontru iha Paris, nebe hosi loron 30 fulan-Novembru to'o 11 fulan-Dezembru líder sira hosi mundu tomak sei tenta hetan akordu ida hodi limita aumentu ba temperatura iha planeta.

 

Lukru sira sei fó ba Fundasaun ONU nian ba klima no ba organizasaun la'ós governu nian Amigos da Terra.

 

Inisiativu ne'e akontese hafoin kansela tiha espetákulu mundiál ba klima "Live Earth", nebe eis-visi-prezidente norte-amerikanu Al Gore hakarak halo iha loron 19 fulan-Setembru iha torre Eiffel, iha Paris.

 

Laiha esplikasaun ofisiál ida kona-bá kanselamentu hosi espetákulu nebe hakarak halibur liuhosi enkontru oioin iha kontinente sira hotu artista atus resin nebe lidera hosi Pharrell Williams.

 

 

ho AFP

horadoplaneta às 13:49 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Love Song to the Earth

A música "Love Song to the Earth" foi divulgada a menos de três meses do início do encontro em Paris, onde de 30 de novembro a 11 de dezembro líderes de todo o mundo tentarão chegar a um acordo para limitar o aumento da temperatura do planeta.

 

Os lucros serão revertidos para a Fundação da ONU para o clima e a organização não-governamental Amigos da Terra.

 

A iniciativa ocorre após o cancelamento do espetáculo mundial para o clima "Live Earth", que o ex-vice-presidente norte-americano Al Gore pretendia organizar a 19 de setembro aos pés da torre Eiffel, em Paris.

 

Não foi dada nenhuma explicação oficial para o cancelamento do espetáculo, que pretendia reunir através de vários encontros em todos os continentes mais de cem artistas liderados por Pharrell Williams.

 

 

com AFP

horadoplaneta às 13:40 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 04.09.15

Illa Pasífiku sira hakarak indemnizasaun tanba alterasaun klimátiku

Fundu hosi Dezenvolvimentu Illa Pasífiku sira nian sei husu ba emisór prinsipál sira gás ba estufa nian atu selu nasaun insulár sira nebe afetadu tanba alterasaun klimátiku sira, haktuir hosi imprensa lokál iha loron-sesta ne'e.


 

Líder ho reprezentante sira hosi fundu rejionál ne'e konkorda ona atu hakotu pedidu ne'e iha deklarasaunn ikus hosi enkontru loron tolu, nebe hotu iha loron-sesta ne'e iha Fiji, tanba seidauk iha kritériu no metodolojia, haktuir hosi jornál Fiji Times.

 

Sekretáriu-jerál interinu hosi fundu ne'e, Amena Yauvoli, justifika ona indemnizasaun sira hodi hatete katak asaun hosi ansaun sira nebe halo poluisaun la hanesan ho konvensaun ONU nian hasoru alterasaun klimátiku.

 

"Ami kontribui ona ho gás nebe menus, maibé ami maka hasoru estraga sira hosi alterasaun klimátiku. Tanba ne'e ami konkorda ho indemnizasaun sira iha termu imigrasaun nian no estraga no prejuizu sira relasionadu ho alterasaun klimátiku", Yauvoli hatete.

 

Enviadu espesiál hosi ONU ba Alterasaun Klimátiku, Mary Robinson, hatete katak iha loron-domingu no loron-segunda sei hala'o reuniaun ministeriál ida informal iha Paris hodi ko'alia espesífiku ba aspetu finanseiru.

 

"Ho liafuan seluk, [sei ko'alia] implementasaun, adaptasaun, estraga, nebe hanesan importante ba ema sira iha Pasífiku no illa ki'ik sira seluk", hatete hosi Robinson nebe haktuir hosi jornál.

 

Hodi hamenus efeitu sira hosi alterasaun klimátiku harii ona, iha tinan haat liubá, Fundu Verde Klima nian, nebe sei konta ho osan dolár millaun 100.000 hahú iha tinan 2020, folin ida nebe destinadu hodi apoia nasaun sira nebe vulnerável.

 

ho Lusa

horadoplaneta às 16:19 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Setembro 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
23
24
26
27
28
29
30

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO