Papa vai pedir aos católicos para combater as alterações climáticas

No próximo mês de Março, o Papa Francisco deverá divulgar um edicto onde vai pedir aos católicos de todo o mundo para combaterem as alterações climáticas.


Papa Francisco no dia da bênção Urbi et Orbi no passado dia 25 de Dezembro 2014. EPA@ Alessandro di Meo

 

O documento será o primeiro do género emitido por um Papa e será dirigido a cerca de 1,2 mil milhões de fiéis católicos.

O documento, segundo escreve o Guardian, deverá ser divulgado depois de uma visita a Tacloban – a cidade das Filipinas devastada por um tufão em 2012 – que está agendada para Março próximo.

Uma encíclica como esta é rara na história da Igreja Católica, pelo que a mensagem do Papa deverá ter um cunho de urgência e gravidade. O Papa deverá pedir à comunidade mundial de católicos não só para combaterem as alterações climáticas em nome da ciência como também tornará este pedido numa obrigação moral para os fiéis. O edicto, que deverá ter entre 50 a 60 páginas vai ser distribuído a 5.000 bispos e a 400.000 padres por todo o globo.

Estima-se que esta mensagem do Papa possa chegar a mais indivíduos do que qualquer outra mensagem sobre o mesmo tema emitida por grupos políticos ou ambientalistas. Está ainda na agenda do Papa falar sobre o mesmo tema na Assembleia Geral das Nações Unidas em Setembro, que terá lugar em Nova Iorque.

com Green Savers

horadoplaneta às 14:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos