Arroz passa pela primeira vez nos testes de radioactividade desde o desastre de Fukushima

Desde o desastre de Fukushima, em 2011, que o arroz cultivado no Japão apresentava elevados níveis de radioactividade.



Este ano, e pela primeira vez desde o desastre nuclear, o arroz colhido apresenta níveis de radioactividade abaixo dos padrões de segurança implementados pelo Governo nipónico.

Fontes governamentais indicaram que 360.000 toneladas de arroz foram verificadas e todas apresentavam níveis de radioactividade abaixo dos 100 becqueréis, o valor estipulado pelo Governo.

“O facto de a quantidade arroz que não passa os nossos testes tem vindo consistentemente a diminuir ao longo dos últimos três anos indica que estamos a tomar as decisões certas”, indica Tsuneaki Oonami, oficial do Governo, cita o Inhabitat.

Depois do desastre nuclear de Fukushima, o Japão foi forçado a suspender as suas exportações pesqueiras e agrícolas, o que prejudicou severamente os agricultores e pescadores do país. As restrições foram já levantadas, mas devido às constantes fugas de radiação da central vários países, nomeadamente a Coreia do Sul, continuam a não importar produtos alimentares do Japão.

com Green Savers

horadoplaneta às 15:22 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos