Por que razão os principais monumentos do mundo estão verdes?

Coliseu de Roma, Basílica do Sacré Coeur, London Eye, Torre de Pisa, hotel Burj Al Arab e Cristo-Rei de Lisboa, entre outros 150 monumentos e estruturas icónicas, estiveram ontem – e deverão estar – de cor de verde, uma acção que não está relacionada com a sustentabilidade, infelizmente, mas sim com a celebração do dia de São Patrício – St. Patricks Day – santo padroeiro da Irlanda.

 

 

Segundo a imprensa britânica, este enverdecimento de vários monumentos não passa de uma campanha de publicidade do Turismo da Irlanda para promover o país. Em Portugal, também o Museu Condes de Castro de Guimarães, em Cascais, e a Estátua do Duque da Terceira, no Cais do Sodré, estará com a mesma cor.

 

A escolha do Museu Condes de Castro de Guimarães, segundo a embaixada da Irlanda em Portugal, prende-se com as origens do seu primeiro proprietário, Jorge O’Neill, que descende de Tyrone e Glen-Boy, reis da Irlanda.

 

 

Ironicamente, dentro de apenas 11 dias celebra-se a Hora do Planeta, um evento lançado em 2008 e que pretende chamar a atenção para a sustentabilidade através do desligamento das luzes de vários monumentos de todo o mundo. A iniciativa é organizada pela WWF.

 

com Green Savers

horadoplaneta às 18:45 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos