Moçambique e Tanzânia assinam acordo para a proteção ambiental

Os governos moçambicano e tanzaniano assinaram em Maputo um acordo para a proteção ambiental da fauna da Área de Conservação Transfronteiriça da Reserva do Niassa e da Reserva do Selous.

 


"Os dois países têm sido alvo de ações de caçadores furtivos, que usam os corredores das nossas fronteiras para transacionar marfim e outros recursos ilegalmente", disse o ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural de Moçambique, Celso Correa, citado hoje pelo diário O País.

O acordo, celebrado na segunda-feira entre o governante moçambicano e ministro dos Recursos Naturais e Turismo da Tanzânia, Lazaro Nyalandu, pretende construir uma plataforma de cooperação para garantir a proteção da biodiversidade, combatendo os frequentes ataques de caçadores furtivos na região.

Por sua vez, o ministro dos Recursos Naturais e Turismo da Tanzânia considera que o ecossistema existente na área transfronteiriça entre as reservas do Niassa e do Selous representa "um santuário de recursos florestais", destacando a sua importância para o continente africano.

"Estamos a falar de 15 mil quilómetros de terra, uma área que chega a ser igual ao território belga, por exemplo. O ecossistema existente nesta área conjunta constitui um grande símbolo de vida dos nossos dois países", disse Lazaro Nyalandu, acrescentando que a população de elefantes na Reserva de Selous diminuiu consideravelmente devido às ações dos caçadores furtivos.

Moçambique é apontado como um corredor para o contrabando de marfim e de chifres de rinocerontes com destino à Ásia, num negócio que, segundo várias organizações ambientalistas que atuam no país, é feito com a complacência das autoridades locais.

De acordo com dados da Wildlife Conservation Society, uma organização norte-americana de proteção ambiental, a população de elefantes caiu para metade em Moçambique em cinco anos e 95% da população foi abatida justamente no norte do país, junto á fronteira com a Tanzânia.

com Lusa

horadoplaneta às 14:58 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos