Asoka: a bebé orangotango que foi encontrada a chorar sozinha na floresta

Asoka, uma bebé orangotango que foi encontrado a chorar sozinho na floresta do Bornéu, Indonésia, foi resgatada e enviada para o centro de reabilitação da International Animal Rescue (IAR), em Ketapang.



 

Segundo a Animal Rescue, a bebé foi encontrada por um habitante local que, apesar das boas intenções, alimentou-a com leite condensado doce – e estragado – quatro vezes ao dia. Entretanto, e sabendo que o orangotango é um animal protegido, ele contactou o departamento da floresta local, para o recolher como órfão.

 

Ainda assim, Asoka ficou com a família do seu salvador durante quatro semanas, dormindo com ele e a sua mulher. “Asoka tem a típica e trágica história que está a ameaçar a sobrevivência das populações de orangotango no Bórneu e Sumatra”, explicou à imprensa britânica Alan Knight, CEO da IAR. “À medida que a indústria do óleo de palma continua a devorar a floresta tropical, mais orangotangos estão a ficar sem abrigo, com fome e vulneráveis aos caçadores”. 

 

 

Asoka, que aos quatro ou cinco meses pesa apenas dois quilos, terá sobrevivido à morte do seu pai e teve a sorte de não ser vendida como animal de estimação.

 

“Centros como os nossos estão a abarrotar com animais em reabilitação, que são preparados para regressar à vida selvagem. Mas quando a pequena Asoka for libertada haverá alguma floresta para ela viver?”, questionou Alan Knight.

 

com Green Savers

horadoplaneta às 12:05 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos