Quarta-feira, 14.12.16

Ártico bate recordes de calor entre outubro de 2015 e setembro de 2016

O Ártico bateu recordes de calor no período de 12 meses terminado em setembro, quando o ar quente desencadeou uma fusão massiva de gelo e neve e atrasou o gelo do inverno, divulgaram cientistas na terça-feira. 

 

 

A avaliação lúgubre foi feita no relatório sobre o Ártico relativo a 2016, um documento revisto por outros cientistas que não os seus autores, feito por 61 cientistas de todo o mundo, que é publicado pela agência governamental dos EUA para a Atmosfera e os Oceanos (NOAA, na sigla em Inglês).

 

O documento cobre o período de outubro de 2015 a setembro de 2016, um período em que “a temperatura média anual sobre as áreas terrestres (do Ártico) foi a maior desde que há registos”, como se salientou.

 

“Raramente se viu o Ártico evidenciar um tão claro, forte ou acentuado sinal de persistente aquecimento e os seus efeitos em cascada no ambiente do que este ano”, afirmou Jeremy Mathis, diretor do programa de investigação sobre o Ártico que está a ser desenvolvido na NOAA.

 

A região do Ártico continua a aquecer a uma velocidade que é o dobro da do resto do planeta, que também deve ter em 2016 o ano mais quente dos tempos modernos.

 

Os cientistas climáticos disseram que as razões para o aumento da temperatura incluem a queima dos combustíveis fósseis, que emite gases com efeito de estufa para a atmosfera, bem como a tendência de aquecimento do oceano associada ao El Niño, que terminou em meados do ano mas exacerbou o aquecimento.

 

A temperatura média anual do Ártico em terra supera em 3,5 graus Celsius (ºC) a registada em 1900.

 

A temperatura da superfície do mar no pico do verão, em agosto de 2016, esteve 5ºC acima da média do período 1982-2010 nos mares de Barents e Chukchi, bem como nas costas leste e oeste da Gronelândia.

 

com Lusa

horadoplaneta às 21:56 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 20.06.16

Elojiu ida hosi Ludovico Einaudi ba Ártiku

Pianista italianu Ludovico Einaudi halo ona estreia ba nia knananuk foun "Elegy for the Arctic" iha Svalbard, iha Ártiku, teritóriu ida ne'ebé pertense ba Noruega. 

 

 

Kompozisaun ne'e halo parte iha atividade ida hosi Greenpeace "Save the Arctic" ne'ebé hakarak sensibiliza populasaun mundial ba jelu nabeen ne'ebé akontese iha zona ne'e.

 

Múziku toka iha plataforma ida nia leten ne'ebé haleu hosi glasiar Wahlenbergbreen. Iha tempu hanesan bainhira múziku toka hela, iceberg improvizadu ida, glasiar hosi Ártiku ida nabeen. Vídeo hosi knananuk ne'e publika tiha ona iha rede sosial sira.

 

Tuir Greenpeace katak Ártiku sai fraku nafatin tanba peska no esplorasaun hosi petróleu nian.

 

Haree iha-ne'e vídeo hosi knananuk ne'e:

 

 

@SAPO Timor-Leste

horadoplaneta às 23:28 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Janeiro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO