Sexta-feira, 21.08.15

Asoka: hetan orangotango oan nebe tanis mesak iha ai-laran

Hetan ona iha ai-laran Asoka, orangotango oan nebe tanis mesak iha ai-laran Bornéu, Indonézia, no haruka ona ba sentru reabilitasaun International Animal Rescue (IAR), iha Ketapang.


 

Tuir Animal Rescue, orangotango oan ne'e hetan hosi populasaun lokál ida nebe, maski ho intensaun di'ak, fó han nia ho susubeen kondesadu midar - no estragadu - loron ida dala haat. Maibé, tanba hatene katak orangotango hanesan animál protejidu ida, nia kontakta departamentu floresta lokál, hodi bele foti animál órfaun ne'e.

Maski nune'e, Asoka hela ho família ida nebe hetan nia durante semana haat, orangotango ne'e toba hamutuk ho kaben-na'in ne'e. "Asoka iha istória típiku no trájiku nebe ameasa daudaun populasaun orangotango nia moris iha Bórneu no Sumatra", Alan Knight, CEO hosi IAR, esplika ba imprensa britániku. "Bainhira indústria mina nuu sawit nian aumenta iha floresta tropikál, orangotango sira sei lakon sira nia fatin hodi moris, ho hamlaha no fásil atu kasadór sira bele hetan.

 


Asoka, ho fulan haat ka lima iha de'it todan kilo rua, karik moris hosi nia aman no iha sorte tanba ema la fa'an hanesan animál estimasaun.

"Sentru sira hanesan ami nian nakonu ho animál sira iha reabilitasaun, nebe preparadu hodi fila ba moris selvajen. Maibé bainhira Asoka hetan libertasaun, nia bele hetan ai-laran ruma hodi hela?", Alan Knight husu.
 
ho Green Savers

horadoplaneta às 12:56 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Asoka: a bebé orangotango que foi encontrada a chorar sozinha na floresta

Asoka, uma bebé orangotango que foi encontrado a chorar sozinho na floresta do Bornéu, Indonésia, foi resgatada e enviada para o centro de reabilitação da International Animal Rescue (IAR), em Ketapang.



 

Segundo a Animal Rescue, a bebé foi encontrada por um habitante local que, apesar das boas intenções, alimentou-a com leite condensado doce – e estragado – quatro vezes ao dia. Entretanto, e sabendo que o orangotango é um animal protegido, ele contactou o departamento da floresta local, para o recolher como órfão.

 

Ainda assim, Asoka ficou com a família do seu salvador durante quatro semanas, dormindo com ele e a sua mulher. “Asoka tem a típica e trágica história que está a ameaçar a sobrevivência das populações de orangotango no Bórneu e Sumatra”, explicou à imprensa britânica Alan Knight, CEO da IAR. “À medida que a indústria do óleo de palma continua a devorar a floresta tropical, mais orangotangos estão a ficar sem abrigo, com fome e vulneráveis aos caçadores”. 

 

 

Asoka, que aos quatro ou cinco meses pesa apenas dois quilos, terá sobrevivido à morte do seu pai e teve a sorte de não ser vendida como animal de estimação.

 

“Centros como os nossos estão a abarrotar com animais em reabilitação, que são preparados para regressar à vida selvagem. Mas quando a pequena Asoka for libertada haverá alguma floresta para ela viver?”, questionou Alan Knight.

 

com Green Savers

horadoplaneta às 12:05 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Novembro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO