Quinta-feira, 27.07.17

Santuário de orangotangos na Indonésia ameaçado por ocupação

Um grupo de conservação ambiental alertou que quase um quinto da floresta que serve de santuário aos orangotangos na parte indonésia do Bornéu foi ocupado e danificado, ameaçando os esforços de reabilitação da espécie em risco. 

 

Foto@ Hotli Simanjuntak /EPA


O porta-voz da Borneo Orangutan Survival Foundation, Nico Hermanu, disse que cerca de 340 hectares da floresta de Samboja Lestari, em Kalimantan Oriental, foram invadidos e ocupados por pessoas que vieram de outras zonas da Indonésia e que cortaram árvores e plantaram cultivos.

 

Muitas empresas agro-alimentares e populações locais incendeiam deliberadamente zonas da floresta para limpar o terreno e ocupar com plantações.

 

Estas atividades decorrem perto de uma “escola da floresta”, que acolhe 20 orangotangos a viver de forma semi-independente e a aprender a encontrar comida sozinhos, a construir ninhos e outros comportamentos essenciais à sobrevivência desta espécie, em risco.

 

A fundação comprou aos locais, ao longo dos anos, o terreno para instalar o santuário de 1.850 hectares e recuperou a floresta naquela zona, onde agora vivem 170 orangotangos.

 

Hermanu afirmou que a fundação avisou os residentes de que estão a invadir o santuário de Samboja Lestari, "mas as atividades continuaram". A polícia local recusou-se a atuar e recomendou conversações "que não resolveram nada", afirmou.

 

A fundação está agora a procurar a ajuda do governo local, da província de Kalimantan oriental, para garantir os seus direitos sobre a terra.

 

O número de orangotangos no Bornéu e na ilha indonésia de Samatra, reconhecidos como espécies diferentes e ambos classificados como em risco ou em vias de extinção, respetivamente, por organizações ambientais, caiu drasticamente desde a década de 1970.

 

Os orangotangos são espécies protegidas na Indonésia e na Malásia, mas a desflorestação reduziu drasticamente o seu 'habitat' natural, depois de perto de 40% da floresta do Bornéu ter desaparecido desde o início da década de 1970.

 

Na próxima década, os ambientalistas preveem que uma ainda maior parte da floresta venha a ser devastada e convertida em terreno agrícola.

 

A Borneo Orangutan Survival Foundation, uma de várias organizações dedicadas a conservação do orangotango, detém também uma concessão por 60 anos de cerca de 86 mil hectares de floresta no Bornéu, que comprou ao Governo em 2011.

 

Cerca de um quarto tem condições adequadas para a reabilitação de orangotangos.

 

com Lusa

horadoplaneta às 12:13 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 31.03.16

Leonardo DiCaprio apoia "Santuáriu" animál nian iha Indonézia

Atór fahe fotografia balun iha rede sosiál sira. 



Leonardo DiCaprio publika ona foto ida iha nia pájina Facebook ne'ebé hatudu nia halimar no hamaus animál ida iha ai-laran Indonézia.

 

Iha deskrisaun imajen nian atór hato'o alerta ba orangotango sira ne'ebé hahú lakon. "Iha programa hosi Sentru Programa ba Konservasaun Orangotango hosi Sumatra, orangotango sira ne'e hetan tulun no reabilitadu hodi bele fila fali ba sira nia natureza. Ajuda hodi apoia kauza importante ne'e".

 

 

Atór halo viajen ba iha Indonézia hodi koñese projetu prezervasaun ba animál sira no ambiente.

 

Fonte: NM

horadoplaneta às 23:02 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 09.11.15

Indonésia já teve 127.000 incêndios este ano

No final de Outubro, o presidente indonésio, Joko Widodo, teve de antecipar o regresso de uma visita aos Estados Unidos devido à incrível quantidade de incêndios que lavravam no país.

 


Os incêndios são recorrentes do país asiático, mas este ano, talvez devido às condições secas provocadas por um El Niño particularmente forte, a Indonésia passa por um dos piores anos de sempre em termos de fogos florestais, o que constitui um problema complexo para a saúde da população, devido aos fumos tóxicos, mas também deterioração climática futura.

Segundo o Climate Central, a Indonésia já teve cerca de 127.000 incêndios este ano, muitos deles de grande intensidade. “A época dos fogos tem sido bem extensa este ano, rivalizando com 1997. E as condições continuam propícias a mais incêndios”, explicou o cientista climático Andrew Robertson, do International Research Institute for Climate and Society (IRI).

Robertson e outros responsáveis do IRI desenvolveram cinco ferramentas de previsão de incêndios para o Governo indonésio, para identificar surtos e planear a estação dos fogos com tempo. É que quanto mais um incêndio dura, explica Roberton, mais dificilmente ele é dominado.

Todos os dias, a Indonésia liberta mais gases com efeito de estufa para a atmosfera, devido aos fogos florestais, do que toda a economia norte-americana. As emissões de gases com efeito de estufa dos incêndios indonésios já passaram todas as emissões libertadas anualmente pelo Japão e representam já 3% do total de emissões de gases com efeito de estufa de todas as actividades humanas globais.

Isto significa que os fogos contribuem para as alterações climáticas a longo prazo mas também estão a levar ao aumento dos problemas de saúde da região – segundo o Guardian, cerca de 500.000 pessoas já foram diagnosticadas com doenças ligadas e provocadas pelos incêndios. Na Indonésia mas também Singapura e Malásia.

Fonte: Green Savers

horadoplaneta às 15:01 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 26.10.15

Indonésia destaca navios de guerra para ajudar afetados por nuvem tóxica

A Indonésia destacou três navios de guerra – e tem outros em prontidão – para entregar máscaras, tendas e auxílio médico a milhares de pessoas afetadas pela névoa acre dos incêndios florestais, informou hoje fonte oficial.


 

Há quase dois meses que milhares de incêndios, fruto de queimadas, têm provocado também nos países vizinhos uma densa nuvem de fumo, levando ao encerramento de escolas e ao cancelamento de voos.

 

Três navios de guerra chegaram a Kalimantan – a metade indonésia do Bornéu e uma das regiões mais afetadas – transportando pessoal médico, tendas e máscaras de proteção.

 

O porta-voz militar da Indonésia Tatang Sulaiman explicou à agência AFP que o plano passa por construir abrigos temporários com purificadores de ar, sendo que os barcos também podem servir como centros de evacuação caso seja necessário.

 

Outros três navios estão abastecidos e prontos para zarpar ou para Kalimantan ou para Samatra Sul, enquanto outros cinco podem ser chamados posteriormente caso seja preciso, indicou.

 

O governo destacou cerca de 30 aeronaves para travar os incêndios, que figuram entre os piores da década, combatidos por 22 mil soldados no terreno.

As chamas resultam, pelo menos em parte, de queimadas ilegais feitas para ‘limpar’ vastas áreas de terreno para a produção de óleo de palma, celulose e papel. Segundo as autoridades da Indonésia, os incêndios causaram dez mortos.

 

A agência de desastres estima que pelo menos meio milhão de pessoas tenha sofrido de doenças respiratórias desde que os incêndios começaram em julho.

 

Organizações ecologistas advertiram, na semana passada, que os incêndios que lavram em vastas áreas da Indonésia emitem diariamente mais gases com efeito de estufa para a atmosfera do que a economia norte-americana.

 

Recorrendo a dados da Global Fire Emissions Database, o World Resources Institute (WRI) indicou, num relatório recentemente publicado, que desde setembro que as emissões de carbono provenientes dos incêndios tinham excedido a média diária dos Estados Unidos em 26 dos 44 dias.

 

Os Estados Unidos são o segundo maior emissor de gases com efeito de estufa do mundo, a seguir à China.

 

com Lusa

horadoplaneta às 14:56 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 06.10.15

Grupo de cientistas descobre nova espécie de mamífero na Indonésia

Cientistas de vários países que estavam a trabalhar na Indonésia descobriram uma nova espécie de mamífero, chamado rato do nariz achatado, devido às suas características jamais antes observadas pelos cientistas.



 

Esta criatura foi descoberta numa região de montanha isolada na ilha de Sulawesi, no centro da Indonésia, informou o museu australiano de Victoria, cujos cientistas participaram nos trabalhos.

 

O rato, que tem o nome científico de Hyorhinomys stuempkei, tem “características nunca antes vistas pela ciência”, acrescentou o museu, num comunicado hoje publicado. Esta descoberta foi feita por uma equipa de cientistas da Indonésia, Austrália e dos Estados Unidos.

 

Além do nariz rosa achatado e grande, em que as narinas têm uma forma semelhante à de um porco, o animal tem grandes orelhas, uma boca pequena e dentes frontais longos, segundo a mesma fonte.

 

Nas fotos tiradas, o mamífero parece ter o mesmo tamanho de um rato. “Estou surpreendido por ter encontrado uma nova espécie de mamífero tão diferente das outras espécies que estão referenciadas pela ciência”, disse Kevin Rowe, um dos cientistas do Museu Vitória.

 

Este mamífero é carnívoro e alimenta-se, provavelmente, de minhocas e larvas de inseto.

 

com Lusa

horadoplaneta às 12:04 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 21.08.15

Asoka: hetan orangotango oan nebe tanis mesak iha ai-laran

Hetan ona iha ai-laran Asoka, orangotango oan nebe tanis mesak iha ai-laran Bornéu, Indonézia, no haruka ona ba sentru reabilitasaun International Animal Rescue (IAR), iha Ketapang.


 

Tuir Animal Rescue, orangotango oan ne'e hetan hosi populasaun lokál ida nebe, maski ho intensaun di'ak, fó han nia ho susubeen kondesadu midar - no estragadu - loron ida dala haat. Maibé, tanba hatene katak orangotango hanesan animál protejidu ida, nia kontakta departamentu floresta lokál, hodi bele foti animál órfaun ne'e.

Maski nune'e, Asoka hela ho família ida nebe hetan nia durante semana haat, orangotango ne'e toba hamutuk ho kaben-na'in ne'e. "Asoka iha istória típiku no trájiku nebe ameasa daudaun populasaun orangotango nia moris iha Bórneu no Sumatra", Alan Knight, CEO hosi IAR, esplika ba imprensa britániku. "Bainhira indústria mina nuu sawit nian aumenta iha floresta tropikál, orangotango sira sei lakon sira nia fatin hodi moris, ho hamlaha no fásil atu kasadór sira bele hetan.

 


Asoka, ho fulan haat ka lima iha de'it todan kilo rua, karik moris hosi nia aman no iha sorte tanba ema la fa'an hanesan animál estimasaun.

"Sentru sira hanesan ami nian nakonu ho animál sira iha reabilitasaun, nebe preparadu hodi fila ba moris selvajen. Maibé bainhira Asoka hetan libertasaun, nia bele hetan ai-laran ruma hodi hela?", Alan Knight husu.
 
ho Green Savers

horadoplaneta às 12:56 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Asoka: a bebé orangotango que foi encontrada a chorar sozinha na floresta

Asoka, uma bebé orangotango que foi encontrado a chorar sozinho na floresta do Bornéu, Indonésia, foi resgatada e enviada para o centro de reabilitação da International Animal Rescue (IAR), em Ketapang.



 

Segundo a Animal Rescue, a bebé foi encontrada por um habitante local que, apesar das boas intenções, alimentou-a com leite condensado doce – e estragado – quatro vezes ao dia. Entretanto, e sabendo que o orangotango é um animal protegido, ele contactou o departamento da floresta local, para o recolher como órfão.

 

Ainda assim, Asoka ficou com a família do seu salvador durante quatro semanas, dormindo com ele e a sua mulher. “Asoka tem a típica e trágica história que está a ameaçar a sobrevivência das populações de orangotango no Bórneu e Sumatra”, explicou à imprensa britânica Alan Knight, CEO da IAR. “À medida que a indústria do óleo de palma continua a devorar a floresta tropical, mais orangotangos estão a ficar sem abrigo, com fome e vulneráveis aos caçadores”. 

 

 

Asoka, que aos quatro ou cinco meses pesa apenas dois quilos, terá sobrevivido à morte do seu pai e teve a sorte de não ser vendida como animal de estimação.

 

“Centros como os nossos estão a abarrotar com animais em reabilitação, que são preparados para regressar à vida selvagem. Mas quando a pequena Asoka for libertada haverá alguma floresta para ela viver?”, questionou Alan Knight.

 

com Green Savers

horadoplaneta às 12:05 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

pesquisar

 

Outubro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO